segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Quem seria o Freixo e porque andaria ele de espada à cinta?

Sei lá pá, tu vens com cada uma....

Mas, por outro lado, a morte.
A morte é interessante... (limpem essas lágrimas , não estou com ideias suicidas, vá..)
Cada um tem a sua teoria para o que acontece quando morremos. Desde a famosa luz brilhante ao fundo do túnel até à versão dos Mutui, da Nova Guiné, de que que um ser, meio-colibri, meio-Alberto João Jardim nos leva pela orelha para Marte onde fica a dançar para nós, semi-nu, até á eternidade. Ok, devo dizer que esta foi inventada, não quero que pensem em mim como um ignorante ou como um mentiroso. O Alberto João Jardim não existe.
Mas de facto o que acontecerá à nossa dita "alma" quando morremos?
Eu gosto de pensar que isto é tudo um "reality show" e que a nossa alma vai parar a um estúdio de televisão com uma Júlia Pinheiro versão cósmica (mas à mesma com aquela voz....arghh....hunnff...aquela voz...arghh....hunnff) que diz algo do género "Muito bem Adolfo, seja bem vindo!
Ora vamos lá ver a sua pontuação de vida: dois filhos, muito bem, mais 20000 pontos! Oh, no trabalho não passou de subgerente do Macdonalds do Colombo, é pena, mas perde 10000 pontos. De resto punha sempre o lixo no lixo, sim senhor, mas aquele episódio com o proxeneta anão e a banana vai-lhe tirar mais 10000 pontos Adolfo..."
Esta é a altura em que o público cósmico (com aquelas Marias Alices cósmicas, sessentonas cósmicas cuja vida é só ir assistir a concursos televisivos cósmicos) diz, sentidamente, "Ohhhhhhhh" com caras decepcionadas. "De qualquer maneira ainda tem uma hipótese, Adolfo: a chave ou o dinheiro??"
Claro que o Adolfo escolhe a chave e falha e a Júlia Pinheiro não tem outra hipótese senão chamar o colibri-Alberto João para escoltar o Adolfo dali para fora.

5 comentários:

Treze disse...

haaa... mais uma colher de humor cósmico logo pela manhã...

Gomes disse...

este homem pirou de vez, é totalmente maluco meu deus

Ads disse...

A minha visão da vida depois da morte não inclui "colibris-Alberto João", nem a voz da Julia Pinheiro.

(Já no acto da morte em si, a Julia Pinheiro é sem duvida um argumento forte.)

Como curiosidade, existe numa zona especifica de Leiria uma tribo que acredita cegamente que depois da morte nos transformamos em pequenos pisa-papeis, mas esses são maluquinhos...

Braz disse...

por favor, mais não...

be disse...

夢世界,
華麗幻想,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗幻想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗幻想,
夢世界,
華麗夢想,
夢世界,