domingo, 4 de janeiro de 2009

A Chave da Vida

Olá. Nos últimos meses tenho tido excelentes ideias para a Lurdes quando me vou deitar alcoolizado. Penso sempre no fantástico que elas seriam quando estou na cama mas nunca me volto a lembrar delas quando acordo. Daí me apraz dizer que.....nada... absolutamente nada... não consigo continuar...

- Silêncio...

-
Tão mas quem trouxe este gajo? - diz o câmara, o João "Levis".

- É primo do Velasquez - diz a Sue, que arranjou emprego cá a levianar coisas que diz.

- Mandem-no mas é daqui p´ra fora! - disse eu, numa vã tentativa de aldrabar fazendo-os pensar que não era eu quem tinha começado isto.



Mas não... não havia nada a fazer... o elevador continuava a subir e as teclas do telemóvel já se tornavam inoportunas, como o bebé que arrota e faz o vizinho ficar sem jeito.
As metáforas são giras, mas têm o seu prazo de validade, disse-me o bebé, o sacana.



- Mas isto não foi uma metáfora, foi uma comparação - diz o Joãozinho que já vai no 6º ano.

- Sim e quando tentares armar-te em bom usa um travessão na tua fala! - disse eu ao sacana do bebé.

1 comentário:

GOMES disse...

the lolade